Bem-vindo ao nosso site!

Associação dos Portadores de SAF Prof. Aziz E. Gharavi

Qual a importância do tratamento?

A SAF é reconhecida atualmente como a trombofilia adquirida mais comum. Para pacientes que já apresentaram evento trombótico arterial ou venoso, bem como pré-eclâmpsia (aumento da pressão arterial com edema e perda de proteína na urina) e/ou perdas feitas de repetição, o risco de isto ocorrer novamente é alta. A SAF é uma doença crônica e para evitar as consequências, que podem ser graves, irreversíveis ou até mesmo fatais, requer-se uma boa adesão ao tratamento. Os pacientes devem ser esclarecidos sobre a conduta geral e o regime terapêutico adotado para prevenir perdas fetais e a morbidade por eventos trombóticos.